Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Benefícios da meditação para a sua saúde4 minutos para ler

Meditação

Está comprovado cientificamente que a saúde mental e física estão interligadas e funcionam em conjunto, logo um depende do outro para funcionar bem. É como diz aquele ditado, “Corpo são, mente Sã” então nada melhor do que relaxar a mente e cuidar do corpo.

Vivemos em um ritmo acelerado, com muitos desafios e problemas que acabam sugando nossa energia durante o dia. Quem não quer se energizar novamente e estar pronto para encarar os problemas do dia-a-dia com leveza e sabedoria? É isso que a meditação pode realizar por nós, recarregar as energias e nos dar leveza para resolver os problemas do dia-a-dia.

 

Auxilia na diminuição do Estresse

A prática da meditação faz com que a sua mente relaxe e você atinja um descanso profundo. Isso diminui e muito o estresse. Todo o estresse acumulado em seu corpo pode ser eliminado com a prática desta técnica milenar.

Com a meditação os níveis de cortisol no organismo podem ser regulados reduzindo a sensação de cansaço, fadiga e combatendo o estresse.

Confira aqui os sintomas físicos causados pelo estresse

 

A meditação pode acabar com a ansiedade

A ansiedade é como estar cansado e eufórico ao mesmo tempo, com uma sensação de que algo vai acontecer, o frio na barriga e a euforia toma conta, até que a pessoa não consegue controlar.

Essa reação quando vivenciada de maneira intensa pode trazer dores musculares, alterações no sono, enxergar ameaça em tudo, medo de falar em público e outros sintomas.

A prática da meditação fornece um grande autoconhecimento e da mesma maneira que combate o estresse pode também acabar com a ansiedade. Através da meditação a pessoa pode descobrir do que realmente tem medo e como lidar com os problemas enfrentados todos os dias.

 

Diminui a tensão muscular

Muitas das dores musculares que sentimos estão associadas ao estresse e da mesma maneira que a prática da meditação pode acabar com o estresse também vai combater as dores crônicas e a tensão muscular gerada pelo estresse e ansiedade, melhorando a saúde física do praticante.

Nosso emocional é poderosíssimo e trabalhar as questões internas através da meditação faz com que nosso cérebro faça uma limpeza de dentro para fora. Melhorando o emocional também melhoramos a saúde física. Lembre-se uma saúde está ligada a outra.

Combate à insônia

Justamente por combater o estresse e a ansiedade, combate a insônia, já que na maioria das vezes é o que causa a insônia.

É durante o sono que nosso cérebro absorve e grava as informações que recebemos durante o dia. Logo, um boa noite de sono é muito importante para a memória e também para que as situações problemáticas do dia sejam trabalhadas de maneira adequada pelo cérebro.

A prática da meditação ajuda na descoberta e tratamento da origem da insônia que muitas vezes está relacionada a algum desequilíbrio psicológico. Quando esse desequilíbrio não for tão grave, e não precisar de um profissional da área, com certeza a meditação será muito eficaz.

Lembrando que precisamos ter uma pratica recorrente e incluir em nossa rotina para obtermos os resultados desejados.

 

Combate a hipertensão

O estresse novamente é o grande causador. Sabemos que o estresse está associado ao desenvolvimento da hipertensão. Com a prática da meditação a pessoa terá com certeza uma melhora na saúde física, já que a mente e o corpo estão intimamente ligados.

Estudos indicam que a meditação tem efeitos rápidos  de relaxamento fisiológico e consequentemente melhora e estabiliza a pressão sanguínea. A prática diária combina o relaxamento mental e o despertar interior, fortalecendo a saúde física do praticante.

Concluímos então, que a meditação, aliada a alguns cuidados do corpo e a pratica regular de exercícios físicos, contribuem para um melhor estilo de vida e bem estar 😉

 

Saúde e bem-estar na palma da sua mão.​

O app que reúne os melhores profissionais e serviços de saúde para te ajudar a ter uma vida melhor e mais saudável.​

Veja também