Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Jejum para exames de sangue?1 minutos para ler

Exames de sangue

É uma cena clássica no Brasil: o laboratório de exames iniciando expediente cedo, já começa a ficar bem cheio no período da manhã com um número grande pacientes. Todos em jejum, que provavelmente não comeram nada por umas 8 horas. São pessoas de diferentes idades. Algumas crianças, idosos e outros que logo após essa bateria de exames, irão para mais um dia de trabalho.

Para não correr risco de errar, alguns acabam ficando 12 horas de jejum. Muitas vezes sem nenhuma necessidade, pois vários dos exames que normalmente são pedidos, o período é de 3 ou 8 horas no máximo. O que muita gente não sabe, é que o tempo de jejum vai de acordo com o procedimento em específico, e principalmente o laboratório que irá receber o paciente.

Preciso mesmo ficar em jejum para exames de sangue?

Não necessariamente, pois dependerá de alguns fatores. Com o avanço da tecnologia, exames como hemograma, colesterol e triglicérides, não exigem mais que o paciente fique um determinado período sem comer antes da coleta (a não ser que o médico peça). Porém, como já dissemos acima, isso vai depender do laboratório. Os mais tradicionais, como é o caso do Einstein, não pede mais tempo de jejum. No entanto, é sempre importante dizer que o processo é lento, e que a maioria dos laboratórios do Brasil não adotaram esta medida.

Existe algum exame obrigatório que necessário ficar em jejum?

Sim! O exame que obrigatoriamente requer o jejum mais prolongado, hoje é o de glicose, usado no diagnóstico de diabetes. O paciente precisa ficar 8 horas sem ingerir alimentos.

Saúde e bem-estar na palma da sua mão.​

O app que reúne os melhores profissionais e serviços de saúde para te ajudar a ter uma vida melhor e mais saudável.​

Veja também